facebook  Twiter  GooglePlus In Youtube

Uma revolução de impressão para embalagens de alimentos

Software / Hardware Brasil

A flexibilidade é imensa para os fabricantes de alimentos: linhas flexíveis, fluxos de negócios flexíveis e embalagens flexíveis. Sabemos que o crescimento do mercado global de embalagens é contínuo. Esperase que ele chegue a 70 bilhões de dólares1 até 2017, orientado por um número cada vez maior de tipos e substratos para embalagens. Por sua vez, isso faz com que os fabricantes de alimentos busquem soluções de impressão mais versáteis para atender aos requisitos de embalagem e identificação da marca ao passo que se consegue uma produção eficiente.

Uma tecnologia de codificação, o jato de tinta térmica (TIJ), passou por uma rápida alteração técnica no ultimo ano, representando uma nova solução para produtores alimentícios e bens de consumo. Como resultado dos novos recursos de TIJ solvente, pela primeira vez o jato de tinta térmica é uma opção relevante para as equipes de produção que procuram opções otimizadas de codificação de alta resolução para uso em materiais de embalagem que são não porosos, como plásticos, caixas de papelão brilhantes, folhas metálicas e filmes.

A nova tecnologia significa que o TIJ pode finalmente ajudar a satisfazer a necessidade de marcar dados complexos variáveis diretamente na embalagem de alimentos. Isso inclui símbolos de certificação, datas de validade, informações sobre o lote, ofertas promocionais, gráficos simples ou informações normativas e de identificação da marca, como etiquetagem do país de origem (COOL).

O que mudou que agora tornou a tecnologia TIJ relevante para embalagens de alimentos e bens de consumo?

Em uma palavra: "aderência". O jato de tinta térmica tem sido o método de codificação dominante no setor de embalagens farmacêuticas, principalmente devido à sua capacidade inigualável de imprimir códigos de data variáveis com alta resolução, logotipos e códigos de barras exclusivos por meio de um sistema limpo e fácil de operar. No entanto, a codificação de TIJ não cresceu além dos produtos farmacêuticos, pois estava limitada à impressão em caixas de papelão porosas e materiais de embalagem baseados em papel. A marcação em qualquer tipo de revestimento brilhante fazia com que a tinta saísse. A impressão em materiais porosos era suficiente para embalagens farmacêuticas especialmente preparadas, mas não para muitos tipos de embalagens de alimentos ou bens de consumo comuns.

No entanto, no ano passado ocorreu uma revolução interessante na tecnologia de jato de tinta térmica. A Videojet, em parceria com a empresa Wolke GmbH, introduziu uma tecnologia que finalmente 1 Global Market for Food Contact Paper & Board Forecast to Reach an Estimated $70 Billion by 2017, www.smitherspira.com

Isso parece uma grande mudança. O que permitiu que o TIJ fosse compatível com esses novos materiais de embalagem e aplicações?

O segredo é um novo conjunto de sistemas de impressão que são reforçados para suportar tintas solventes do tipo que você encontra na tecnologia de jato de tinta contínuo (CIJ). A tecnologia TIJ da Videojet agora se encaixa em duas classes amplas: aquosa e solvente. O primeiro, que permanece inalterado, é um conjunto de sistemas de impressão projetado para usar tintas à base de água tradicionais para marcação em materiais de embalagem porosos.

A nova classe solvente, por outro lado, apresenta sistemas que usam tintas que são capazes de secar e aderir a materiais de embalagem não porosos. A classe solvente está dividida em sistemas para solventes fracos e solventes fortes. Solventes fracos, como acetona e etanol, que são adequados para a marcação de alguns materiais não porosos, como caixas de papelão envernizadas, enquanto que o solvente metil-etil-cetona (MEK) mais potente permite a marcação nos plásticos mais desafiadores, como filmes ou recipientes rígidos.

Isso parece complexo, e o desenvolvimento técnico para fazer com que acontecesse certamente foi, mas o resultado final é extremamente simples. Para produtores alimentícios e bens de consumo embalados, há agora um sistema de jato de tinta térmica que adere a suas embalagens.

De que tipo de demandas você está falando?

Alguns exemplos simples ilustrarão o que quero dizer. Os sistemas de jato de tinta térmica da Videojet oferecem uma resolução variável de até 600 dpi, embora 300 dpi (aproximadamente quatro vezes a do CIJ) seja muitas vezes a opção preferida para otimizar o consumo de tinta. Além disso, ao contrário dos sistemas de marcação a laser ou de CIJ, o jato de tinta térmica da Videojet não "escreve" o código com um único ponto de marcação, mas utiliza um grande número de pequenos bocais de impressão simultaneamente. O resultado é que os códigos complexos ou várias linhas de texto de até 50 mm (2 polegadas) de altura podem ser codificados sem qualquer impacto na velocidade de produção ou na qualidade de impressão.

O jato de tinta térmica também representa um dos métodos de codificação mais limpos e simples de operar, o que beneficia a eficiência da produção. Esses sistemas de codificação a jato de tinta térmica, aquosos e solventes, apresentam um circuito de tinta simples com toda a tinta contida no cartucho descartável. Sem bombas de tinta ou filtros, a operação de uma codificadora de jato de tinta térmica é limpa, fácil e confiável. Quando um cartucho acaba, o operador simplesmente insere um novo cartucho e a codificadora está pronta para imprimir. Para muitas operações de produção de alimentos, isso pode ser uma grande vantagem em comparação com seu equipamento de codificação atual.
Esses benefícios fundamentais do jato de tinta térmica simplesmente não podem ser desbloqueados em instalações de produção de alimentos típicas devido à aderência limitada... até agora.

 Isso significa que o jato de tinta térmica da Videojet substituirá todos os jatos de tinta contínuos?

Não. O CIJ oferece uma "distância de marcação" de código de 10 mm ou mais que pode ser essencial quando se marca superfícies curvas, como latas de bebidas. Além disso, embora o CIJ possa ter dificuldades para marcar códigos complexos, para marcar um código de data simples, nenhuma outra tecnologia pode se comparar à velocidade linear do CIJ. Por fim, a flexibilidade do CIJ é bastante impressionante. Muitos fabricantes que pretendem mover uma codificadora única para várias linhas durante a produção apreciam a facilidade de configuração e a versatilidade. O CIJ permanecerá como a força de trabalho das linhas de embalagem.

No entanto, o TIJ pode realmente destacar-se agora por oferecer todo um novo paradigma de codificação para embaladoras de alimentos e bens de consumo. Isso é especialmente verdadeiro quando pensamos em métodos de codificação analógicos, como hot stamp, roller coders, rodas de gravação, o legado do CIJ ou até mesmo situações em que prensas flexográficas marcam elementos de embalagens estáticas que realmente deveriam ser variáveis ou personalizáveis.

Além disso, as embaladoras que valorizam a natureza do TIJ à base de um cartucho simples e limpo ou que finalmente querem se libertar da aparência mais tradicional de muitos códigos impressos estão agora descobrindo as possibilidades do novo TIJ.

Como um fabricante de alimentos sabe se esse novo TIJ solvente é ideal para ele?
Eu sugiro que os fabricantes experimentem os novos códigos de TIJ diretamente em suas embalagens. Compartilhar esses resultados com os colegas de marketing e da qualidade pode despertar perspectivas úteis sobre uma maior qualidade de código. Além disso, testes reais podem revelar o grau de diminuição de manutenção e de problemas para o operador.

Para obter mais informações, visite: http://bit.ly/_TIJ Por Drew Weightman, gerente global da unidade de negócios da Videojet Tecnologies e da Wolkefabricantes de alimentos

Suscribase Newsletter semanal packaging

Noticias diarias, innovaciones en la industria de alimentos y bebidas, tendencias de consumo, alimentación, inocuidad y biotecnología para América Latina.Noticias diarias, innovaciones en la industria de ingredientes y aditivos necesarios a la elaboración de lácteos, asi como procesos y envases asociados para América Latina. Noticias diarias, innovaciones en la industria de ingredientes y aditivos necesarios a la elaboración de bebidas, asi como procesos y envases asociados para América Latina. Noticias diarias sobre inocuidad alimentaria, certificación, validación, normas y calidad en y para América Latina.

Nuevos Productos


 

 
|